Agora você pode negociar XRP na MODIAX Saiba mais arrow_forward
Bitcoin

Como conseguir bitcoins?

dezembro 25, 2018

Como conseguir bitcoins?

O Bitcoin é um sistema de pagamentos digital que possibilita a realização de transações de forma segura e sem a intermediação de uma autoridade central que verifique a integridade dele. Para fazer uma transação nesse sistema, é preciso utilizar sua criptomoeda, os bitcoins. Mas você sabe como consegui-los?

Existem basicamente 3 formas de adquirir bitcoins: comprando, aceitando em troca de bens e serviços ou minerando. Falaremos, a seguir, sobre cada uma delas:

Comprando bitcoins

Você pode comprar bitcoins em uma corretora especializada em criptomoedas, em um mercado de balcão ou diretamente de uma pessoa, método conhecido como peer-to-peer (P2P).

Corretoras de criptomoedas

São empresas que oferecem uma plataforma para a realização de trocas de criptomoedas por outros ativos, como moedas fiat (moedas emitidas por instituições reconhecidas pelos governos. Exemplos: dólar, real, euro, etc) ou outras criptomoedas (Ether ou XRP, por exemplo).

De forma simplificada, quem quer comprar bitcoins estabelece a quantidade e o preço pelo qual deseja comprar e quem quer vender estabelece a quantidade e o preço pelo qual deseja vender. Quando uma ordem de compra e uma ordem de venda são correspondentes, a troca é efetivada. Esse processo é feito pela própria plataforma, que faz uma espécie de “match” das ordens.

Os valores ficam sob a custódia da corretora e, quando um trade é realizado (uma compra e venda é efetuada), as partes não tem qualquer informação sobre a outra, ou seja, você não sabe nada sobre a pessoa de quem comprou os bitcoins.

O mercado brasileiro possui atualmente cerca de 30 corretoras, muitas das quais surgiram com o boom do Bitcoin no final de 2017. MODIAX, Mercado Bitcoin, Foxbit e BitcoinTrade são alguns exemplos, mas você pode conferir outros no site CoinTrader Monitor e também obter informações sobre a cotação do Bitcoin em cada uma.

Além disso, você pode comprar e vender bitcoins em corretoras estrangeiras. A maior parte delas, porém, diferentemente das corretoras nacionais, não faz conversão para moedas fiat. Binace, OKEx, Bitfnex são alguns exemplos. O site CoinMarketCap tem muitos outros e mostra as respectivas cotações.

Over-the-counter (OTC) ou mercado de balcão

Caso você queira comprar volumes muito grandes de Bitcoin, pode recorrer a esse mercado. As corretoras especializadas em criptomoedas não tem liquidez suficiente para lidar com a compra de milhões de dólares em Bitcoin. A compra ou venda de um alto volume pode influenciar a cotação (enquanto a ordem é executada, o preço pode subir ou descer muito, afetando a quantidade de BTCs planejada para compra ou venda – efeito conhecido como slippage), por isso essa operações costumam ocorrer fora das corretoras.

Quem deseja comprar ou vender entra em contato com uma rede de traders e investidores e divulga a quantia desejada. Esses traders, por sua vez, entram em contato com outros compradores e vendedores para executar a operação. Algumas corretoras de cripto, no Brasil, oferecem esse serviço.

Comprar diretamente de outra pessoa ou peer-to-peer (P2P)

Você pode comprar e vender bitcoins diretamente para outra pessoa, sem a interferência de terceiros. Nesse caso, as partes precisam saber pelo menos o endereço público da carteira da outra.

Como as transações na rede Bitcoin são irreversíveis, é preciso ter muito cuidado, já que você não sabe com quem está negociando e pode ser vítima de um golpe. Existem algumas plataformas na internet, como a LocalBitcoins, que foram criadas para facilitar o encontro das pessoas que querem comprar e vender e que contam com um sistema de reputação baseado no histórico de transações para dar mais segurança ao usuário.

Nessas plataformas, quando um preço de venda coincide com um de compra, o comprador e o vendedor são conectados, mas, diferentemente das compras feitas em corretoras, a operação é feita fora das plataformas. Elas não ficam em nenhum momento com a custódia dos valores transacionados.

Geralmente não é exigida a apresentação de documentos que comprovem identidade, mas as partes podem ter outras informações uma sobre a outra, como username, localização e até mesmo o endereço IP.

Aceitando bitcoins em troca de bens e serviços

Uma outra forma de conseguir bitcoins é aceitá-los como forma de pagamento por bens e serviços. Apesar de ainda ser pequeno, o número de lugares que aceitam pagamentos em bitcoin vem crescendo ano a ano. Além disso, já existem plataformas, como a OpenBazaar, que lhe permitem vender objetos usados por bitcoins.

É possível também ser remunerado em bitcoins. Existem diversos sites, como o Coinality, que servem para divulgar ofertas de emprego, a maior parte freelances, que pagam em bitcoins.

Minerando novos bitcoins

Dentre as opções acima, sem dúvida essa é a mais complexa e a que exige mais gastos. A mineração é o processo de validar as transações, incluí-las em um bloco e resolver a prova de trabalho, um complexo cálculo matemático feito para se criar um bloco e que exige um alto gasto de recursos (tempo, energia elétrica e poder de processamento). Quando um minerador consegue criar um bloco, ele recebe uma recompensa em bitcoins pelo seu esforço e pelos recursos gastos.

A dificuldade para resolver a prova de trabalho aumentou muito com o passar dos anos. No começo era possível minerar com um computador pessoal, porém, hoje em dia, não compensa mais. Você pode participar de um pool de mineração, mas mesmo assim é preciso fazer os cálculos para ver se o processo de fato será lucrativo.